Polícias de MG, SP e AL trabalham juntas para identificar vítimas de acidente

A ideia é que as corporações enviem as impressões digitais dos 18 passageiros que morreram no ônibus em João Monlevade para a comparação nos seus estados de origem. Desse total, 17 corpos já foram recebidos pelo IML de BH. Famílias de vítimas de acidente em MG viaja de AL para ajudar na identificação dos mortos.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.