Vítima de Covid, morre o artesão Sumeense Toinho Sapateiro.

Parecia que tudo, era tão longe, mas tudo é tão perto. Foi Dona Quinha, seu Fernando, Dona Xoxa, Seu Manoel, Seu Geraldo, agora Toinho Sapateiro que se foram devido à Covid-19 e mesmo assim muitos não acreditam na doença, pensam ser uma “gripezinha” .

Para alguns, uma “gripezinha” ,para outros sem sintomas acreditam que não tem a doença, ainda tem aqueles que duvida dos testes, colocam mil empecilhos para ficar em casa durante 15 dias, uns não podem, outros não querem, outros não pensam no próximo, ou melhor, nem sequer usam máscara, pois já não serve para nada.

E assim foi Toinho Sapateiro um Sumeense que perdeu a guerra para o vírus, um artesão empreendedor de sucesso que fez da vida o trabalho, soube aproveitar com os amigos e familiares os melhores momentos, mas teve sua alegria interrompida. Quem o recebe agora é dona Sebastiana do Cruzeiro sua mãe, com um abraço afetuoso e um sorriso de amor e paz no seu colo pequeno, mostra a grandeza de um amor eterno.

Nós queremos  parar de perder nossos conterrâneos, não queremos ficar sem os  nossos idosos, queremos dar  uma basta a tantas mortes. Mas estes desejos só depende de cada um de nós. E você quer ajudar a parar de ler, ver e ouvir tantas notícias tristes? Faça a sua parte.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.