Lewandowski dá 48 horas para Pazuello informar prazos de plano de vacinação

Por determinação do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), o Ministério da Saúde deve apresentar em 48 horas informações sobre as datas de início e término do plano nacional de operacionalização da vacinação contra a Covid-19, inclusive de suas fases de implantação. O prazo foi estabelecido neste domingo (13/12).

O Ministério da Saúde entregou, nesse sábado (12/12), o plano da campanha ao STF. Em 93 páginas, o documento detalha como a pasta pretende executar a imunização da população brasileira. O documento, entretanto, não apresenta uma data para o início da vacinação dos integrantes desses grupos, que incluem profissionais de saúde e idosos, entre outros.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.