Caso Eloá: sequestro mais longo da história de São Paulo completa 10 anos

O sequestro mais longo da história de São Paulo completa 10 anos com um legado controverso. Eloá Pimentel tinha 15 anos e foi morta pelo ex-namorado, Lindenmberg Alves, após ser mantida refém por mais de cem horas no apartamento em que morava em Santo André, no ABC paulista. A atuação da polícia, o tratamento de casos de feminicídio, a demora da Justiça e a própria cobertura da mídia continuam em debate uma década depois.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.